Disfunção Sexual e Infertilidade

As disfunções sexuais que impedem o ato sexual também são consideradas como fatores de infertilidade.

No homem as disfunções sexuais podem ser de Libido (baixa libido ou desejo sexual), de ereção (também chamada de impotência), de ejaculação (anejaculação) e de orgasmo. Na mulher as duas principais disfunções são de falta de libido, de orgasmo e de dor na relação (vaginismo ou Dispareunia).

A ausência de libido completa dificulta muito o homem para ter a relação sexual pois não existe desejo sexual. No caso da ereção o coito torna-se incompleto ou mesmo sem penetração. Na ausência de ejaculação (anejaculação) não existe o depósito do sêmen na vagina.

Todos estes fatores impedem que o ato sexual seja consumado e portanto impossibilitando que o sêmen seja colocado na vagina para posterior migração e fecundação do óvulo.

No caso feminino tanto a dor no ato sexual (Dispareunia) como a incapacidade de penetração por contrações vaginais intensas (vaginismo) impedem a consumação do ato sexual. Na Dispareunia devemos procurar a causa do problema e no vaginismo é necessário um acompanhamento psicológico do caso.

No caso da libido a reposição hormonal masculina corrige o problema a não ser que tenha um fundo psicológico. No caso de ereção tanto a reposição hormonal como cirurgias podem tratar a ereção. No caso de anejaculação podemos retirar o sêmen diretamente da bexiga, ou fazer uma punção aspirativa dos testículos ou epidídimos.


Próxima Página

 

Clínica Fertilis - Rua Marcelino Soares Leite, 33 - Trujillo - Sorocaba-SP - CEP: 18060-390 - Brasil
Fone/Fax: +55 (15) 3233-0708 / (15) 3233-0680 / (15) 3233-0279