Causas Orgânicas

O QUE CAUSA A IMPOTÊNCIA?

Até recentemente era comum pensar que a causa da impotência fosse puramente psicológica , um problema da mente. Estudos médicos mostraram que isto não é verdade. A fim de obter uma ereção apropriada, vários sistemas do corpo devem estar funcionando perfeitamente. Estes sistemas são primariamente

Sistema Endócrino (Hormônios)
Sistema Nervoso (Nervos e Cérebro)
Sistema Vascular (Vasos sangüíneos e Válvulas venosas)

Acredita-se que a impotência seja causada primariamente por fatores físicos - parte ou partes do corpo que não funcionam corretamente. Os fatores psicológicos basais são aqueles que aparecem em decorrência de fatores psicológicos profundos, inerentes a pessoa, que, por exemplo, podem associar o sexo a sujeira.

Do mesmo modo acredita-se que os fatores psicológicos secundários, tendem a aparecer como resultado do fato de o indivíduo experimentar a impotência de origem física. O homem apresenta uma ansiedade secundária denominada "temor de desempenho".

QUAIS AS CAUSAS FÍSICAS?

1) Deficiências Hormonais

A Testosterona e outros hormônios são importantes para a vida sexual e para obter as ereções. Vários fatores podem afetar o balanço hormonal corporal. A queda dos níveis de Testosterona a partir dos 40 anos de idade, é de 1% ao ano. Cerca de 50% dos homens acima dos 50 anos e 85% dos homens acima dos 70 anos apresentam sintomas da Andropausa. A queda acentuada dos níveis hormonais antes destas idades, leva a quadros de Andropausa em homens mais jovens.

Andropausa:

Sintomas Inespecíficos Sintomas Físicos
- Cansaço - Queda nos pelos pubianos
- Perda de vitalidade - Aumento de gordura abdominal
- Tendência a depressão - Perda de massa óssea
- Alterações do humor - Perda de massa muscular
- Distúrbios do sono - Queda na libído
- Dificuldade para concentração - Disfunções sexuais
- Ondas de calor  

A menopausa feminina é bem conhecida. Porém alguns médicos dizem que o homem pode sofrer também uma "crise da meia idade", causando depressão, calorões, falta de energia e baixa performance sexual, suores noturnos, e problemas circulatórios, podendo levar a impotência.

O diagnóstico diferencial deve ser realizado, pois seus sintomas são comumente confundidos com os sintomas da "crise da meia idade" ou stress, porém esses quadros não apresentam quedas nos níveis de Testosterona o que os diferencia da Andropausa.

2) Diabetes

Por volta de 30 a 50% dos homens diabéticos sofrem de impotência. Entre os efeitos do Diabete, que podem causar distúrbios sexuais podemos citar os altos níveis de açúcar, deficiência na circulação, danos nas terminações nervosas, artérias afiladas e pressão arterial elevada.

3) Desordens Vasculares

Artérias obstruídas : A carga maior de sangue, necessária para obter e manter a ereção, pode não estar chegando ao pênis, por causa de uma obstrução em uma ou mais artérias que suprem o pênis de sangue.

Fuga Venosa : As veias devem reter o sangue no pênis durante a ereção. Quando o homem apresenta varizes nestas veias a drenagem sangüínea ocorre precoce, levando a perda da ereção. Nos casos mais graves o indivíduo não consegue sequer obter a ereção.

Outra causa indireta de impotência são as varizes testiculares (Varicocele) que causam uma diminuição na produção de Testosterona pelos testículos levando a uma queda no apetite sexual e consequentemente na função sexual como um todo. Nos casos mais graves pode levar o indivíduo a Andropausa.

4) Sistema Nervoso

Os nervos podem ser danificados por: danos ou lesões espinhais, esclerose múltipla, alcoolismo, cirurgias de bexiga, intestinos e diabetes . Com a interrupção da passagem dos estímulos nervosos, a sensibilidade da pele e as reações musculares do pênis ficam prejudicadas alterando os processos de controle e manutenção da ereção.

5) Drogas

Uma alta dose de anti-depressivos ou drogas anti-úlcera podem causar impotência como um efeito colateral.

A maioria das drogas para tratamento de pressão alta e mesmo doses maiores de descongestionantes nasais podem também levar a impotência.

6) Álcool

Pequenas quantidades quase sempre aumentam a resposta sexual, porém grandes doses ou uso prolongado podem causar impotência. A OMS considera quantidades ingeridas maiores do que 700ml de bebida alcóolica destilada por semana, como nocivas a saúde.

 

Clínica Fertilis - Rua Marcelino Soares Leite, 33 - Trujillo - Sorocaba-SP - CEP: 18060-390 - Brasil
Fone/Fax: +55 (15) 3233-0708 / (15) 3233-0680 / (15) 3233-0279